segunda-feira, 13 de junho de 2011

Entendendo o Não Votantes



O que é?

O Não Votantes surgiu como verdadeira expressão de indignação com o descaso do Poder Público, tanto com a falta de decoro das casas legislativas, quanto de assuntos de interesse nacional, como saúde, educação, entre outros. O nome Não Votante aparece, então, como forma de sinalizar uma impossibilidade do eleitor brasileiro de encontrar um candidato a altura de seu voto, algum homem ou mulher em que possa confiar a administração e legislatura do nosso país. NÃO SOMOS CONTRA O VOTO! Muito pelo contrário: queremos um voto pleno, não só no âmbito da liberdade e do sufrágio, mas na sua qualidade. Votamos, é claro, quando temos em quem votar.

O que queremos?

Queremos uma sociedade brasileira ativa e mais justa, verdadeiramente democrática e igualitária. Isso não decorre simplesmente do ato de votar, pois a soberania não se esgota aí. O povo tem de participar ativamente dos assuntos de seu interesse e, principalmente, sugerir medidas para implementar os valores que achamos imprescindíveis para o Brasil, tais como Educação, Saúde, Democracia e Dignidade.


Muitas medidas podem ser tomadas quanto a isso, e, felizmente, em muitos lugares ONG's e outra entidades não governamentais sérias têm desempenhado esse papel. No nosso caso, sonhamos com o FUNDO DE PENSÃO DO NÃO VOTANTE (caso não entenda do assunto, clique aqui!). Com esse fundo, poderemos prestar serviços aos contribuintes na área de saúde e outras, além de podermos criar nosso partido próprio.

Sim, é um sonho. Porém, não é IMPOSSÍVEL.

1 comentários:

Herberth disse...

Muito bom...

Postar um comentário